Notícias

‘A cabeça dele não está mais como era’ diz pai sobre filho que sobreviveu à tragédia da Vale 

Por Redação , 14/01/2020 às 11:17

Texto:

Dois dos sete filhos de Geraldo Ferreira de Oliveira, de 68 anos, estavam na mina Córrego do Feijão, da Vale, no dia do rompimento da barragem B1. Contudo, mesmo que ambos tenham sobrevivido, o tamanho da tragédia, que deixou 270 mortos, é de conhecimento de Geraldo. 

O filho mais novo, Amilton, de 30 anos, trabalhava para uma terceirizada e chegou a ser atingido pela lama, mas foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros. Já Reginaldo, de 40 anos, era funcionário da Vale e havia saído para almoçar. 

“Quando ele (Reginaldo) ficou sabendo do rompimento da barragem, ele começou a passar mal, porque soube que os amigos dele tinham falecido. Ele perdeu muitos amigos”.

Dias depois, Reginaldo deixou o emprego na Vale. “Ele não conseguia trabalhar lá dentro. Desde que ele saiu, a cabeça dele não está como era. Toma remédio, calmante. Tem dias que ele se lembra do rompimento e nem come”, desabafa. 

Geraldo é um dos personagens da série “Memórias de um ano que não passou”, da Itatiaia, que traz relatos de pessoas atingidas e que perderam entes queridos, como forma de homenagear as vidas levadas pela lama. No próximo 25 de janeiro, a tragédia completará um ano.

Ouça também outros episódios da série:

‘O maior desafio é lidar com a dor e seguir em frente’, diz jovem que perdeu a avó em Brumadinho

‘O lugar ficou muito triste’, desabafa moradora de comunidade em Brumadinho

‘Esse filme de terror nunca vai acabar’, desabafa moradora de comunidade de Brumadinho

Líder comunitário de Brumadinho teme por continuidade do comércio após a tragédia

Moradora de Brumadinho fala sobre saudade de namorado, com quem se casaria

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    A previsão é de que os primeiros voos experimentais sejam realizados em outubro em Campinas, SP. #Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚽️O Atlético Goianiense, por sua vez, se deparou com quatro testes positivos entre seus atletas.

    Acessar Link