Notícias

Dudamel confirma proposta por Cazares e diz que desejo do meia é sair do Atlético

Por Redação, 22/01/2020 às 01:46
atualizado em: 22/01/2020 às 19:13

Texto:

Foto: Bruno Cantini/Atlético
Bruno Cantini/Atlético

Dificilmente o meia Cazares permanecerá no Atlético para 2020. Pelo menos se considerar a declaração do técnico Rafael Dudamel, após a vitória do time alvinegro sobre o Uberlândia por 1 a 0, nesta terça-feira, no Parque do Sabiá, na estreia do Galo no Campeonato Mineiro. O comandante confirmou a proposta pelo equatoriano e disse que o jogador pediu para ser negociado.

O Atlético recebeu uma proposta no valor de 2,8 milhões de dólares (cerca de R$ 11,7 milhões) do Al-Ain, da Arábia Saudita por Cazares. O treinador atleticano revelou que teve uma conversa com o camisa 10 e elogiou o comportamento do jogador.

“Eu gosto de ter comunicação muito boa e muito diálogo com os jogadores. Joguei futebol por 21 anos e sempre quis ter treinadores que, primeiramente, fossem amigos e que entendesse a parte humana. Tento dar aos meus jogadores essa proximidade e essa confiança de poder conversar sobre tudo em momentos oportunos. Cazares tem uma oferta do futebol internacional. Conversamos, e ele me manifestou, com muita sinceridade, que não tem a cabeça agora no Atlético. Tem o desejo de sair. Vê nessa possibilidade a oportunidade de dar um futuro melhor à sua família. Isso é respeitável”, disse Dudamel.

Em contato com o repórter Emerson Pancieri, da Itatiaia, fontes que participaram do acordo afirmaram que o Atlético achou o valor baixo porque o clube detém 70% dos direitos econômicos. Além disso, há ainda o pagamento da comissão, o que diminuiria ainda mais o montante a ser recebido pelo Galo na transação. As negociações devem continuar nos próximos dias.

Dudamel explicou o motivo de não ter relacionado Cazares para o jogo em Uberlândia e agradeceu a sinceridade do meia. "Eu tenho que ter em cada partida, em cada jogo, um elenco totalmente concentrado no trabalho de campo. Agradeço a sinceridade e o profissionalismo de Cazares ao me manifestar seu desejo”, afirmou o treinador completando que a oferta está com a diretoria e ele não irá se opor caso o jogador seja vendido.

“Os dirigentes têm a proposta em mãos. Agora, é preciso avaliá-la. Os responsáveis por essa decisão e por essa avaliação são os dirigentes. Se a oferta for boa para o clube e para o jogador, eu, como treinador, não vou colocar nenhum problema para que Cazares saia", ressaltou.

Cazares tem vínculo com o Atlético apenas até o fim deste ano e poderá assinar um pré-contrato com qualquer clube em junho, deixando o Galo em dezembro de graça. No mês passado, o presidente Sérgio Sette Câmara revelou que o equatoriano não queria renovar e admitiu que esperava uma proposta para vender o jogador.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Ainda segundo a autarquia, também não há nenhum pedido formal que trate da autorização de pesquisa clínica no Brasil para a vacina em questão. #Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Ministro manteve entendimento indicado em liminar no mês de agosto e se manifestou pela rejeição da ação em julgamento iniciado nesta sexta-feira. #Itatiaia

    Acessar Link