Notícias

Torcidas do América negam chutes e socos em ônibus da Ponte na chegada ao Independência

Clube de Campinas publicou no Twitter uma mensagem reclamando da recepção dos torcedores do Coelho

Por Redação, 23/09/2020 às 22:07
atualizado em: 23/09/2020 às 22:16

Texto:

As torcidas do América se uniram para repudiar a informação divulgada pela Ponte Preta de que o ônibus da delegação do time paulista foi “recepcionado” com socos e chutes por parte dos americanos na chegada ao estádio Independência, na noite da última terça-feira (22), pouco antes do duelo válido pela quarta fase da Copa do Brasil, que terminou com vitória por 3 a 1 e a classificação do Coelho às oitavas de final. Em nota, eles negaram a acusação.

Os torcedores americanos se disseram surpresos quando ficaram sabendo da repercussão da suposta agressão. “Na noite de ontem, fomos ao Indepa levar todo nosso apoio ao América com uma festa antes do jogo. Para as nossas surpresas, ao chegarmos em casa, nos deparamos com postagem da Ponte Preta, adversário da noite, relatando que fizemos uma ‘recepção’ pra eles, agredindo o ônibus da delegação do time de Campinas (sic)”, diz um trecho do comunicado.

Cinquenta minutos antes de o jogo começar, a Ponte Preta publicou no Twitter uma mensagem reclamando da recepção dos torcedores do América: “Ônibus da Ponte Preta foi ‘recepcionado’ por torcedores do América-MG, com socos e pontapés, ao chegar no independência. Ninguém se feriu, mas não havia nenhum policiamento no estádio para garantir a segurança da delegação.”

Ao contrário do que disse o clube de Campinas, os americanos informaram que receberam a delegação da Ponte como qualquer outra torcida faz pelo Brasil e que não houve agressão: “As imagens nas redes sociais mostram nitidamente que não aconteceram chutes e socos como relatado. Houve hostilidade natural de uma torcida pra cima de seu adversário, com gritos e xingamentos. Nada de diferente do que é feito por torcidas Brasil a fora (sic)”.

Por fim, os americanos ironizaram a postura dos torcedores da Ponte Preta que criticaram a suposta depredação do ônibus, já que os jogadores da Macaca foram alvos recentemente de agressão de ponte-pretanos após o empate por 3 a 3 com o Vitória, em agosto, pela terceira rodada da Série B.

Câmeras de segurança flagraram alguns atletas sendo agredidos por cerca de 30 torcedores na saída do estádio Moisés Lucarelli. Em princípio, os jogadores ameaçaram deixar o clube, mas foram convencidos pela diretoria a permanecerem.

“Além disso, fica a nossa surpresa pela reação da torcida ponte-pretana sobre as supostas agressões, sendo que a menos de um mês os mesmos agrediram os atletas da sua própria equipe, isso sim deveria ser motivo de repúdio e indignação”, finaliza a nota dos torcedores americanos.

Confira a nota completa divulgada pelas torcidas do América:

Na noite de ontem, fomos ao Indepa levar todo nosso apoio ao América com uma festa antes do jogo. Para as nossas surpresas, ao chegarmos em casa, nos deparamos com postagem da Ponte Preta, adversário da noite, relatando que fizemos uma "recepção" pra eles, agredindo o ônibus da delegação do time de Campinas. As imagens nas redes sociais mostram nitidamente que não aconteceram chutes e socos como relatado. Houve hostilidade natural de uma torcida pra cima de seu adversário, com gritos e xingamentos. Nada de diferente do que é feito por torcidas Brasil a fora. Além disso, fica a nossa surpresa pela reação da torcida ponte-pretana sobre as supostas agressões, sendo que a menos de um mês os mesmos agrediram os atletas da sua própria equipe, isso sim deveria ser motivo de repúdio e indignação.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    A obstrução de Lira também impede a votação de medidas provisórias do interesso do governo. #Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Julgamento está previsto para ocorrer entre os dias 6 e 13 de novembro no sistema digital do Supremo Tribunal Federal. #Itatiaia

    Acessar Link